Amigos da Montanha
Instituição de Utilidade Pública



SUBSCREVER
Newsletter
Patrocinadores Oficiais
Apoio
Sponsor Oficial de Impressão
Faz-te Sócio

24 e 25 Fevereiro Glaciar do Zêzere / Poço do Inferno
Lista de Inscritos
Inscrições
Fotografias
Apresentação

O mês de fevereiro traz uma novidade para o calendário de pedestrianismo de 2018. Uma atividade de fim-de-semana na Serra da Estrela com dois percursos de grande beleza: a Rota do Glaciar e a Rota do Javali + Rota do Poço do Inferno.
No primeiro dia, a Rota do Glaciar apresenta um trilho linear de cerca de 16 Km, com início na Torre e final em Manteigas. A Torre, localizada no Planalto Superior da Serra da Estrela, com estatuto de Reserva Biogenética pelo Conselho da Europa desde Março de 1993, é um local de notoriedade, sendo o ponto mais alto de Portugal Continental (1993 m), onde D. João VI (1816-1826) mandou erigir a torre, toda em pedra, para completar os 2000m de altitude e onde se praticam desportos de Inverno. Ao longo do percurso segue-se, também, o Vale Glaciar do Zêzere, um dos melhores exemplos da modelação da paisagem pelos glaciares. A Rota do Glaciar é muito rica em elementos emblemáticos de paisagem natural, designadamente, Covão do Ferro, Cântaro Magro, Cântaro Gordo, Espinhaço do Cão (Moreia), Poio do Judeu, do Equilíbrio, Covão Cimeiro, Barroca dos Teixos. A Estância Termal das Caldas de Manteigas é outro elemento de referência pelas suas águas sulfurosas, indicadas no tratamento de várias doenças, como reumatismo, dermatoses, vias respiratórias e doenças musco-esqueléticas.

Já no domingo, o percurso eleito é a Rota do Javali + Rota do Poço do Inferno, um trilho circular de cerca de 13 Km. Este percurso permite vislumbrar a paisagem humanizada com uma vista panorâmica sobre a vila de Manteigas, cruzar o interior de florestas magníficas e subir ao topo da ribeira de Leandres. Devido aos cumes xistosos mais altos, formados pelas rochas corneanas (fenómeno que ocorre quando o magma quente e plástico ascende atravessando as rochas pré-existentes), predominam paisagens íngremes, onde nascem linhas de água como a cascata do Poço do Inferno. Esta cascata natural tem cerca de 10 metros e chega a transformar-se em gelo nos Invernos mais rigorosos. É um monumento geológico de extrema beleza e um dos pontos de maior interesse desta rota, sendo um dos ex-líbris do concelho de Manteigas e da Serra da Estrela.

Os percurso propostos poderão sofrer alterações por razões de ordem climatéricas ou outras.

Fotografias




« Voltar
INSCREVER-ME
© Copyright2018 Amigos da Montanha. Todos os direitos reservados.
Instituição de Utilidade Pública (Diário da República nº 138 2ª Série de 18 Julho 2008)



Utilizamos cookies para poder oferecer-lhe um melhor serviço no nosso espaço web. Ao continuar a navegar no nosso website autoriza a utilização das cookies. 
Saiba mais.
Aceitar