Amigos da Montanha
Instituição de Utilidade Pública



SUBSCREVER
Newsletter
.
 
Patrocinadores Oficiais
Apoio
Sponsor Oficial de Impressão
Faz-te Sócio

14 Julho Quinta & Santos Galo Night Run
Lista de Inscritos
Apresentação
Percurso
Inscrições
Regulamento
Causa Solidária

A Carlota tem 5 anos de idade, reside em Vila Nova de Sande no concelho de Guimarães, e sofre de paralisia cerebral.

Consequência de um AVC intra-uterino que não foi detetado à nascença, deixou-a com uma hemiparesia que afeta principalmente a sua mobilidade, visto que paralisou mais o lado direito do seu corpo, embora o lado esquerdo também tenha sequelas. Tal situação impede que a Carlota dependa de terceiros em todo o seu quotidiano. Além da paralisia, sofre ainda do Síndrome de West (um tipo raro de epilepsia).
Após muita pesquisa, e sem baixar os braços, aparece a oportunidade de “dar” à Carlota uma “segunda vida”, com mais qualidade e mais autonomia. Os pais descobriram um tratamento inovador no Better Being Hospital, na Tailândia, que consiste na introdução no organismo de seis bolsas com 60 milhões de células-tronco, e que podem trazer uma nova vida à Carlota. Esta terapia é ainda complementada com um tratamento continuado, diário e intensivo, das 9h00 às 17h00, durante o tempo que estão na Tailândia.
Em Fevereiro de 2017 a Carlota foi aceite para realizar o tratamento. A família teve que realizar diversas ações solidárias para angariar o valor necessário (35 mil euros), mas com a generosidade de todos os que os rodeiam, conhecidos e desconhecidos, conseguiram em apenas 20 dias angariar o valor na sua totalidade. Seguiu viagem em Março e só regressou em Abril, mas já com melhorias para quem lidava com a Carlota diariamente. Surpreendentemente e contra todas as previsões dos médicos que a acompanhavam cá em Portugal, a Carlota em Agosto de 2017 começa a andar sozinha. Uma vitória gigante a juntar a todas as outras conquistas, nomeadamente a melhoria da fala, raciocínio, mobilidade, já consegue comer sozinha, mas ainda muito para trabalhar e melhorar.

O Better Being Hospital aconselhou a Carlota a realizar mais um tratamento após um ano (o primeiro tratamento tem uma capacidade de evolução de pelo menos 8 meses).
A Carlota foi aceite este ano para o um último tratamento de células-tronco, a realizar a partir de 23 de junho na Tailândia. A introdução de mais 60 milhões de células-tronco no organismo podem trazer mais autonomia à Carlota.
Embora tenha aprendido a andar sozinha, ainda não consegue andar com obstáculos (um tapete pode fazer a Carlota tropeçar porque ainda não tem agilidade para levantar o pé e equilibrar-se perante o obstáculo), não sobe escadas, o braço direito ainda não consegue mexer na totalidade, a fala ainda tem que ser mais desenvolvida, etc.
Para poder fazer o tratamento de células-tronco, tem que angariar 32 mil euros para o tratamento, viagens e alojamento durante cerca de um mês. Com iniciativas que já foram realizadas, faltam,
neste momento, 21 mil euros.


Tratamento células-tronco
https://tratamentocomcelulastronco.com/nosso-tratamento/

Better Being Hospital
http://www.betterbeingthailand.com/

Página Facebook Pela Carlota
https://www.facebook.com/pelacarlota/




« Voltar
INSCREVER-ME
© Copyright2022 Amigos da Montanha. Todos os direitos reservados.
Instituição de Utilidade Pública (Diário da República nº 138 2ª Série de 18 Julho 2008)



Utilizamos cookies para poder oferecer-lhe um melhor serviço no nosso espaço web. Ao continuar a navegar no nosso website autoriza a utilização das cookies. 
Saiba mais.
Aceitar