Amigos da Montanha
Instituição de Utilidade Pública



SUBSCREVER
Newsletter
.
 
Patrocinadores Oficiais
Apoio
Sponsor Oficial de Impressão
Faz-te Sócio
« VOLTAR AS NOTÍCIAS Notícias

Amigos da Montanha Embaixadores da Vaca-loura

05 Jun 2020

A biodiversidade é o tema deste ano para o Dia Mundial do Ambiente que hoje se assinala. E os Amigos da Montanha não poderiam estar mais felizes ao transmitirem que são embaixadores da Vaca-loura em Barcelos. Isto significa que assumimos o compromisso de contribuir para o estudo e conservação desta espécie protegida na região de Barcelos e, com a tua ajuda, vamos contribuir para a preservação da biodiversidade.

A Vaca-loura é o maior escaravelho que podemos encontrar em Portugal. O macho pode ultrapassar os 8 cm de cumprimento. As fêmeas são mais pequenas, variando entre 2,6 e 4,1 cm.
Os machos são inconfundíveis por causa das suas mandíbulas em forma de pinça que servem para combater com outros machos. Estes combates acontecem normalmente nos ramos altos das árvores e o vencido é o que cai dos ramos.

Fêmea de Vaca-loura (Lucanus cervus)
Fêmea de Vaca-loura (Lucanus cervus)

Macho de Vaca-loura (Lucanus cervus)
Macho de Vaca-loura (Lucanus cervus)

Ciclo de vida
As larvas da Vaca-loura vivem aproximadamente 3 anos nas raízes mortas de árvores antigas. Durante este período a larva alimenta-se de madeira morta. Ao decompor a madeira morta a larva vai devolvendo os nutrientes ao solo, contribuindo assim para uma floresta saudável e em equilíbrio com o meio. Por este importante serviço que nos presta a vaca-loura ganhou o estatuto de inseto saproxílico.
Quando a larva chegar ao tamanho certo irá completar a sua metamorfose, passando pela fase de pupa até ao estado adulto.
O macho adulto tem um período de atividade de cerca de um mês e o seu grande objetivo é acasalar, conseguindo este feito morre de seguida. A fêmea tem um período mais longo de atividade uma vez que tem de encontrar o local certo para pôr os ovos e desta forma garantir o sucesso reprodutivo da espécie.
É no final da Primavera e início de Verão que esta espécie esta mais ativa, durante o crepúsculo podes vê-las a voar e com alguma sorte encontrar uma luta de machos.


Esta espécie depende de árvores antigas, principalmente espécies de folha caduca como o carvalho-alvarinho ou o castanheiro. Ou seja, uma adepta dos nossos bosques nativos! Infelizmente a destruição do seu habitat esta a pôr em causa a sua sobrevivência e por esse motivo é uma espécie protegida.

Por isso, precisamos da tua ajuda. Se vires alguma vaca-loura na nossa região avisa-nos! Podes fazer o teu registo de avistamento em http://www.vacaloura.pt/participar-avistamento/ ou envia-nos um e-mail para ambiente@amigosdamontanha.com com uma fotografia e a localização.

Sabe mais sobre o projeto em: http://www.vacaloura.pt/projeto/




© Copyright2021 Amigos da Montanha. Todos os direitos reservados.
Instituição de Utilidade Pública (Diário da República nº 138 2ª Série de 18 Julho 2008)



Utilizamos cookies para poder oferecer-lhe um melhor serviço no nosso espaço web. Ao continuar a navegar no nosso website autoriza a utilização das cookies. 
Saiba mais.
Aceitar