QUERO SER SÓCIO

Amigos da Montanha fazem Travessia de Sobrevivência

Barcelos, 13 de dezembro, 2022

Percurso começou em Castro Laboreiro e terminou em Espanha

Foram desafiados na sua audácia e conhecimentos. Pela frente, tinham trilhos e percursos desenhados com a aridez típica de uma montanha. Rochas e penedos, subidas abruptas e desfiladeiros íngremes. Percursos de água gélida e represas, que criavam autênticos oásis onde bebem diversas espécies animais. Pelo meio de temperaturas negativas, emergiam algumas povoações para quem o inóspito é elemento constante.

Entre o cinza dos rochedos e o verde e castanho dos arbustos rasteiros, capazes de sobreviver em tão agrestes condições, decorreu a Travessia de Sobrevivência 2022, organizada pela secção de Montanha dos Amigos da Montanha.

A iniciativa aconteceu nos dias 3 e 4 de dezembro. Decorreu na zona de Castro Laboreiro, entre o Parque Nacional Peneda Gerês e o Parque Natural de Baja Limia y Sierra del Jurés, em Espanha.

Com condições tão atípicas, apenas os mais bem preparados se aventuraram fazer a Travessia da Sobrevivência. Foram nove os bravos que arriscaram quilómetros de distância entre os dois lados da fronteira. Divididos em grupos de três elementos, os participantes partiram de pontos diferentes, tendo como objetivo chegar ao mesmo local até às 14h do dia seguinte. Pelo meio, tiveram de percorrer um conjunto de pontos sequenciais. Aliados à experiência de cada um estiveram sempre a bússola e o mapa, que iam dando sentido de orientação aos participantes. No kit de sobrevivência seguiram, entre outros, dose extra de alimentos, água, muda de roupa, lanterna, caixa de primeiros socorros, um canivete ou um isqueiro.

Pese embora o frio típico de dezembro, a meteorologia ajudou à navegação. Faltou a chuva, fizeram a Travessia de Sobrevivência o sol e o tempo nublado. Mas se durante o dia as temperaturas eram razoáveis, à noite o termómetro rondava os três graus negativos. Os participantes pernoitaram em autonomia, uns em tenda e outros em abrigo. Mas nem isso causou desistências. Todos concluíram a travessia com sucesso, ao cabo de um bom punhado de 30 km.